lt;!-- -->
domingo, 17 de dezembro de 2017

"Desta vez será diferente"

A tecnologia leva o ser humano para um caminho de novos desafios sociais. Algo notório e a cada dia que nos disponibilizamos a observar o nosso meio, mais evidente. Numa medida equilibrada, é uma ferramenta de grande impacto. Algumas das suas muitas vantagens é a capacidade de encurtar a distância e permitir diálogos com pessoas que, de outra forma seria quase impossível termos o privilégio de conhecer. E é assim que surge o tema "espero pela confirmação, da confirmação, das confirmações".

Voltar ao mercado, após um período de ausência...

Um trader costuma passar por experiências bem peculiares quando decide entrar neste mar imenso ao qual chamamos mercado financeiro. Experiências essas que fazem estremecer o investidor, que provocam cargas negativas (para além de perdas financeiras) quando pouco ou nada extraímos desses eventos. 

Quantos já nem ousam olhar para a bolsa de valores e continuam sem transformar essa passagem numa experiência mais enriquecedora para o seu "eu"! 

Paralelamente, outros investidores após uma análise individual e um período de ausência - até que a sua confiança volte a reerguer (e não só) - voltam e encontram novos desafios. Seja por medo, falta de experiência ou perfeccionismo, cada posição tomada desencadeia um nervosismo ampliado e a todo o custa se tenta minimizar danos, evitar erros e perdas que, por sua vez podem originar estados mais ou menos graves de frustração. Aprender, cair e voltar a levantar é inerente à evolução do humano.

"Agora será diferente!" Aprende-se com os erros, cria-se uma estratégia e eventualmente muda-se o instrumento financeiro, para uma maior sintonia com o perfil do investidor. Uma maior consciência do que se pretende vai fortalecendo a auto-confiança.

É frequente o trader neste novo regresso sentir necessidade de esperar pela confirmação, da confirmação, das confirmações, em busca do trade perfeito. É frequente inclusive travar-se na hora de se posicionar no mercado, envolvendo-se num certo desapontamento. Diria até que é uma fase natural, onde muitos sentimentos, recordações e novas expectativas se misturam e se complementam. Pouco a pouco dissipar-se-ão com o tempo. O facto de reconhecer e partilhar essa consciência já é por si só, um acto de evolução como trader.

Algumas perguntas que te podem ajudar :

Qual é o teu estado emocional nesses dias?
O que acontece se não operares nesses dias?
Como podes aproveitar esses momentos para teu crescimento?
De que necessita a tua estratégia para ser ainda melhor?
Como podes melhorar a confiança na hora de investir? 

Boa caminhada! Ao teu sucesso!
2 comentários:
  1. Respostas
    1. Obrigado Hugo Ferreira. Fico contente por teres gostado, e o partilhares publicamente. Um abraço.

      Eliminar