lt;!-- -->
terça-feira, 15 de setembro de 2015

Senhor Especulador apresento-lhe a Pharol


Há muito tempo que Pharol deixou as "luzes da ribalta". Contudo, ainda persiste neste pequeno grupo intitulado PSI20, mesmo depois de ter entregue o dote e o nome de família. E nem as
estratégias de marketing e a mudança de nome apagam ou diluem o seu passado. E o mercado também não esquece.

Apesar da situação politico-económica que o Brasil enfrenta, do estado da OI e do dote que a Pharol já não tem, a luz do "farol" começa timidamente a romper o nevoeiro cerrado que a envolveu até então.

A porta para o investidor com perfil especulador foi, no meu entender, finalmente aberta com a sessão de hoje ao valorizar 12.75% com forte volume no rompimento da linha de tendência descendente (LTD). Este acontecimento veio aumentar a probabilidade da Pharol poder vir a realizar novos movimentos ascendentes nos próximos dias. É certo? Não.

Gráfico diário Pharol

Argumentos a favor do movimento ascendente especulativo;

  • Rompimento da linha de tendência descendente com vela sólida;
  • Volume a acompanhar o rompimento;
  • O titulo estabilizou na área de 0.24€ por acção por um período mais amplo do que o costume nesta dinâmica de mercado descendente;
  • Inicio de um pequeno topo e fundo ascendente com o rompimento de 0.266€;
  • Possui um intervalo de 9% até à sua próxima resistência de curto prazo;
  • Segunda resistência encontra-se a 34% (sendo um cenário menos provável por enquanto, pois necessitaria de tempo e uma retoma de optimismo por parte do mercado no geral);
  • Um título com liquidez.
  A Pharol pode e deve ser um título a ser considerado, neste momento, sem interesse por muitos, sobretudo pequenos investidores, porque não possui em termos técnicos uma mudança de tendência consistente que se revele como o ponto de viragem do título. 


Bons investimentos!

Sem comentários:
Enviar um comentário